terça-feira, 25 de agosto de 2009

acham-se sonhos

- Ei,moça,espere um instante


- O que houve?


- Você deixou cair isto do seu bolso.


O rapaz então lhe estende a mão, e diz:


- Acho que isto te pertence.


- São meus sonhos.


- É,são seus sonhos.


- Eu não os quero mais.


- Você vai atirar fora sonhos tão doces e belos?


- Para mim eles não têm valor algum.


- Como pode dizer isto?


- É a pura verdade, meu caro rapaz. Sonhos não significam nada mais para mim.


- Mas já significaram. Na primeira porta que te abriram,fecharam no mesmo instante, mas você desistiu na primeira, não tentou sequer a segunda porta. Talvez a felicidade tocasse a maçaneta e sairia com você, te acompanharia por um bom tempo. Você não tentou, optou por desistir, preferiu uma vida de insignificância, ao invés de deslumbres até mesmo impossíveis, mas era isto que dava cor ao seu dia-a-dia, pois quando se sonha o mundo aparenta ser melhor. Eu sempre preferia a utopia do que a realidade, e você tinha a mesma característica, você desistiu, mas ainda há tempo. Tome,aqui estão seus sonhos repletos de uma magia inigualável.


- Você fala como se me conhece tão bem, mas não sabe sequer meu nome - enquanto falava foi pegando lentamente seus sonhos perdidos, ou melhor arremessados ao longe.


- Você que pensa.Eu sei seu nome, seu endereço, seu telefone, conheço você desde o instante que deu o primeiro suspiro,ou seja, conheço sua vida, pois pra mim ela é como um livro aberto, posso lê-la no instante que quiser.


- Diz que me conhece tão bem mas nunca o avistei.Afinal quem é você?

- Somente os fortes persistem, desbravados agarram seus sonhos e vão até o final, mesmo que ele esteja em uma distancia tão pequena. Persista minha cara menina, um dia seus sonhos se concretizarão, disto eu tenho plena certeza.


O rapaz então abriu suas asas e atravessou o rio. Enquanto a garota olhava boquiaberta. Seria ele seu anjo protetor ou um simples devaneio?

Era o que a garota se perguntava, enquanto tremia.

14 comentários:

gAng disse...

um anjo^^

www.hysteria-project.blogspot.com

Caroline B. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Caroline B. disse...

Bonito texto *-*
O que seria de nós sem nossos sonhos, né? (:

bjs.

Leo Pinheiro disse...

Como diria Salvador Dali... É a persistência da memória.

Insistir em sonhar é se manter de pé e viver.

layne disse...

sonho não se dá, é botão de flor.

kikinhah disse...

O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza de seus sonhos.
BjOs^^

palavras ao vento disse...

um texto que mostra que não devemos eskecer nossos sonhos...por mas que as coisas dão erradas temos sempre que sonhar....

Vini e Carol disse...

Que lindo... adoro textos assim, inesperados...
Sonhar não faz mal a ninguém não é, em um sonho podemos ter ou ser tud o que quisermos, se tem uma coisa que posso ter certeza de que não tem limite algum, é o sonho.
Linda postagem *-*

Beijos, Carol

ılıFabricioıllı disse...

...e com ela voltou-se desejo de querer sonhar e buscar realizar.

Belo texto. Gostei.

Uma lição para quem desiste fácil e desacredita no futuro. Conheço pessoas assim.

abraço.
conheça meu blog.

maria disse...

Amei o texto *-* que lindo, quem fez foi você ? adorei mesmo...
existem sonhos que por mais que nos tentamos joga-los fora, eles sempre voltam pra dentro de nos xD

adorei tudo!
http://www.nadaaverpontocom.blogspot.com/

passa la ^^
Beijos

Valdeir Almeida disse...

O anjo pode ser o simbolismo de que não devemos desistir dos nossos sonhos. Isso faz parte da natureza humana. Quem não sonha está morto por dentro.

Bonito conto.

Beijos.

Nocivo disse...

Muito bem escrito seu conto, embora falasse de anjo, talvez, pareceu ter um tom meio pagão. Ainda estou me decidindo se considero o escrito pessimista ou otimista, mas fez um bom trabalho! =)

Catarina Ribeiro disse...

Oláa..
Adorei seu texto!

Beijos

diogo disse...

maneiro tesxto sonhar e mt bom

http://diogostanley.blogspot.com/