domingo, 8 de novembro de 2009

Pranto

As lágrimas não vão adiantar- eu sei- mas elas continuam a ser derramadas. Não vai ser minhas lágrimas que vão apagar um incêndio. Não vai ser das minhas lágrimas que o mar se formará.
Minhas lágrimas não surtirão efeito, apenas umedecem minha face. Se chorar fizesse o passado voltar para minhas mãos e pudesse torná-lo diferente. Se chorar fosse como uma máquina do tempo. Se chorar desfizesse todos os nós. Se chorar fosse morfina. Se chorar não fosse o modo de aceitar o fracasso. Se chorar me tornasse alguém diferente.
Chorar não prova mudança, chorar não prova tristeza. Chorar é somente chorar. O que pode mudar um percurso são atitudes, que devem ser refletidas duas vezes antes da ação.
Chorar não vai colar o que restou do meu coração. Chorar não vai me dar outra vida.
Chorando vou estampar na cara que perdi o jogo para mim mesmo. Que fracassei em uma curva qualquer.
Depois da queda, de nada adiantará o pranto. O que deve ser feito é levantar, mesmo com a consciência latejando, e um peso sob os ombros. Mas e quando você não tem um motivo para seguir em frente?
Quando o que mais quer é acalmar o tumulto, é cessar a pressa, deixar anseios para trás. Se agarre aquele ponto brilhante no meio da escuridão que tenta te envolver. Prove para si mesmo que o melhor é estar vivo, seque as lágrimas e caminhe até o limite, até onde o ar fluir, até quando seu coração bater. E quando chegar a margem do verdadeiro fim aproveite o pequeno sopro de vida e guarde com lembrança o que é existir.
Seja tudo o que quer ser, tente até o fim achar o enigma, o porquê, que te prende neste solo desgastado.




3 comentários:

Fashion File disse...

Mas caso queira aprender , continue visitando nosso blog :) Obrigada pelo comentário ...
beeeijos , Maura :*

www.fashionfile.blogger.com.br

Gêsa disse...

Chorar pode não mudar a realidade mas de fato te ensina a aceita-la

Iúri "Zúluri Regueiro" disse...

muito girroo
amiga quero convidar te para virs ao meu blog cheio de boas energias....

espero la pela tua visita